-

A sopa de cebola de Anthony Bourdain aquece corpo e alma

Saudoso chef e apresentador norte-americano ensina o preparo francês

Da redação - Publicado em 24/05/2020, às 18h00

Outono, casa e aconchego combinam com sopa, e como é difícil resistir a uma boa de cebola. Excelente, aliás, quando a receita segue o preparo clássico francês, com torradas e o queijo gratinado por cima do caldo fumegante.

Pois aqui vamos homenagear o saudoso Anthony Bourdain com a receita que o chef preparava no Les Halles, o bistrô francês que dirigiu em Nova York antes de se tornar uma celebridade através de séries televisivas, livros e sua personalidade marcante.
Segue o preparo conforme descrito pelo próprio chef, com seu humor ácido, no livro 'Anthony Bourdain - Afinal, as receitas do Les Halles'.

 

LEIA MAIS

» Soup a l’onion

» Delivery do dia: Picadinho do Batista, o assistente de Claude Troisgros no Mestre do Sabor

 

Sopa de cebola Les Halles

(8 porções)

INGREDIENTES

- 2/3 de xícara de manteiga
- 8 cebolas grandes (ou 12 cebolas pequenas), em fatias finas
- 4 col. de sopa de de vinho do porto
- 2 col. sopa de de vinagre balsâmico
- 2,2 litros de caldo de galinha escuro
- 1/2 xícara de bacon, em cubos de 1 cm
- 1 bouquet garni (ramos de tomilho, salsa e folha de louro amarrados, para aromatizar)
- Sal e pimenta do reino a gosto
- 16 torradas de baguete, torradas no forno com um pouco de azeite de oliva
- 340 g de queijo Gruyère ralado

PREPARO

• Em uma panela grande, aqueça a manteiga em fogo médio até derreter e começar a dourar. Adicione as cebolas e cozinhe, mexendo ocasionalmente, até que estejam macias e douradas (cerca de 20 minutos)

• Sopa de cebola, sem surpresa, é tudo sobre as cebolas. Certifique-se de que as cebolas sejam de uma cor agradável, escura e até marrom

• Aumente o fogo para médio-alto e misture o vinho do porto e o vinagre, raspando toda a delícia marrom do fundo da panela. Adicione o caldo de galinha. Quanto melhor e mais intenso seu caldo, melhor será a sopa. Adicione o bacon e o bouquet garni e deixe ferver

• Reduza o fogo, tempere com sal e pimenta e cozinhe de 45 minutos a uma hora, retirando toda a espuma do topo com uma concha. Retire o bouquet garni
• Quando a sopa terminar de cozinhar, coloque-a nas vasilhas individuais. Coloque duas torradas em cima de cada uma. Espalhe uma quantidade generosa e uniforme de queijo por cima da sopa

• Você querer um pouco mais de queijo para pendurar nas bordas, pois o material crocante e quase queimado que gruda nas laterais é geralmente a melhor parte

• Coloque cada panela sob um broiler pré-aquecido até que o queijo derreta, borbulhe, doure e até queime levemente. O queijo acabado deve ser um panorama de tons marrons derretidos, variando de dourado a marrom escuro, até alguns pontos pretos. Sirva imediatamente, e com cuidado. Você não sabe o que é dor até ter derramado uma dessas coisas

Observações do chef:

• Se o broiler for muito pequeno ou fraco demais para fazê-lo, você pode experimentar em forno pré-aquecido 220°C até que o queijo derreta. Uma boa jogada opcional: assim que o monte de queijo ralado começar a achatar no forno, remova cada panela e, com um maçarico de cozinha, queime até obter as cores desejadas.

• O maçarico é um equipamento muito útil, especialmente se o seu fogão não for o melhor. Eles não são muito caros e podem ser usados para tarefas sorrateiras, como caramelizar o topo do crème brûlée ou tostar merengues.

• Se o seu forno é uma droga e você evita os malditos maçaricos porque seu filho tem tendências piromaníacas, então pode simplesmente tostar o queijo sobre fatias de baguete em uma assadeira e colocá-las sobre a sopa. Não é exatamente clássico, mas ainda é bom.

 

>> Você sabia que a revista Sabor.club tem também o Clube Sabor.club? Ele é o 1º clube de descobertas gastronômicas do Brasil. Para conhecer, clique aqui.