Além da tequila branca e a cerveja Porter, a michelada é preparada com molho worchestershire e limão -

Além da tequila branca e a cerveja Porter, a michelada é preparada com molho worchestershire e limão

Michelada: o drinque de cerveja Porter com tequila

A bebida é feita com tequila 100% e a cerveja clara dá lugar a escura, com sabor mais tostado

Da redação - Publicado em 24/05/2019, às 10h00

(1 drinque)

INGREDIENTES

- 50 ml de tequila branca

- 1 cerveja estilo porter

- 50 ml de Tabasco

- 50 ml de molho worchestershire

- Suco de 1 limão

- 1 rodela de limão

- Sal grosso e pimenta seca ou chilli em pó para borda do copo

PREPARO

>> Misture o sal grosso com a pimenta seca ou o chili em pó

>> Passe o limão na borda do copo e vire-a sobre a mistura de sal e pimenta

>> Encha o copo com cubos de gelo e coloque o suco de limão

>> Coloque o Tabasco e o molho Worchestershire

>> Derrame a tequila

>> Complete com a cerveja e sirva

Veja também:

+ Draco: o London Dry brasileiro

Mint Julep: um uísque para refrescar

Black velvet: a refrescante bebida de festas

A cerveja porte surgiu em Londres, no século 18, como uma ale encorpada, com grande presença de malte, na boca. Era a bebida preferida dos trabalhadores braçais que labutavam no porto londrino. Eles eram os porters, sujeitos tão rudes quanto de personalidade muito marcante. Não demorou para eles batizarem o estilo da ceveja.

A michelada, por sua vez, nasceu no México e sua origem tem tantas versões que o melhor mesmo é ficar com a certeza de que foi uma forma de criar uma bebida ainda mais refrescante do que a mi-chelahelada (minha cerveja gelada). E também com a regra de que precisa ser feita com tequila 100%, a original, produzida apenas com o caldo do agave azul. Com ela, a companhia tradicional no copo é a cerveja do tipo lager. A variação com a porter, no entanto, deixa o drinque muito mais interessante, uma vez que ela traz notas mais marcantes que interagem perfeitamente com a pimenta e, atenção, o molho inglês. De volta a origem da michelada, dizem que um tal de general Augusto Michel gostava de colocar molho de soja e molho de pimenta na sua cerveja. Isso em 1910. Vamos combinar, se, de fato, ele colocou algo na cerveja foi o molho worchestershire, em plagas mexicanas pela influência dos americanos que chegavam por ali.

Azul e delicado

O agave azul tipo Weber é o melhor tipo para produzir tequila, desde que o naturalista alemão Franz Weber fez longa pesquisa e provou o que dissera. Hoje, a tequila 100% só pode ser feita com ele, um tipo de planta que, dizem os especialistas, tem emoções. “O plantio e a colheita devem ser feitos de forma relaxante. O agave sente isso e dá origem a uma bebida com sentimento puro, de muita qualidade.”

 

*Esta reportagem foi publicada originalmente na revista Sabor.club #26, que está na melhores bancas por todo Brasil. E também na banca digital www.zinio.com. Ou assine clicando aqui  sabor.club/assine.

Leia também