-

Petit gâteau? Esse aqui é enorme! E ainda por cima recheado com frutas vermelhas

Aprenda essa versão magnífica do bolinho quente que é a sobremesa mais pedida nos restaurantes do Brasil

Da redação - Publicado em 16/03/2021, às 17h00

Abajur, réveillon, lingerie, petit gâteau são daqueles francesismos tão corriqueiros que nem se pensa sobre eles. No caso das duas últimas palavras, não só não se pensa num “pequeno bolo”, como dificilmente se sabe de onde ele surgiu: erro de um cozinheiro que aqueceu demais o forno e deixou um bolinho cru por dentro ou obra prima de Michel Bras?

De fato, não é possível precisar a sua origem, mas o impacto do coulant au chocolat, criado em 1981 pelo genial chef francês, é indiscutível. Bras preparou uma massa (ou biscuit) para receber uma ganache congelada que derrete ao cozimento, dando vida a um doce de textura dupla – sólida-líquida.

A primeira versão, como diz o nome, é de chocolate, mas posteriormente Michel e o filho Sébastien desenvolveram receitas com caramelo, café e frutas, entre outros ingredientes.

 

 

Mesmo sem conhecer o precursor da cozinha vegetal, a nutricionista Luciana Reis descobriu a sobremesa no ano 2000 e começou a agradar os amigos com ela. A partir do boca a boca, pasme!, virou especialista no assunto: hoje, sua marca Le Petit Sobremesas Artesanais produz mais de 10 mil petits gâteaux diariamente, a maior parte para abastecer restaurantes de São Paulo, mas com boa sobra para os oito quiosques da marca (os Le Petit Express) e até para exportar para Dubai e Japão.

 

LEIA MAIS

» O melhor bolo de Oreo de todos os tempos é uma das 10 receitas mais vistas na internet

» A torta de queijo mais falada do ano encanta o chef Claude Troisgros

 

Ainda que a fabricação de Luciana inclua sabores como doce de leite, goiaba, limão e prestígio, mais da metade das unidades são de chocolate. Nem por isso a doceira por vocação desanima – ela persiste inventando variações para o tema. Aqui, duas delas: o recheio de frutas vermelhas e o tamanho.

“Chamo de torta de petit gâteau. Funciona com recheio de Nutella, só morango ou com as frutas vermelhas que estiverem à disposição. Gosto de fazer com amoras e framboesas e, depois de pronto, distribuir colheres para todo mundo atacar de uma vez só”, confessa.

 

 

Ingredientes

[Massa]

- 200 g de chocolate meio amargo
- 150 g de açúcar de confeiteiro
- 160 g de manteiga sem sal
- 70 g de farinha de trigo
- 3 ovos
- 3 gemas
- Manteiga e farinha suficiente para untar a forma

 

[Calda de frutas vermelhas]

- 40 g de amora (fresca de preferência)
- 40 g de framboesa (fresca de preferência)
- 30 g de açúcar

 

Preparo

• Derreta em fogo baixo o açúcar com as frutas até formar uma calda. Reserve e leve ao congelador em formato de tablete

• Inicie a massa, derretendo o chocolate com a manteiga e reserve

• Misture os demais ingredientes com um fouet. Acrescente o chocolate derretido e misture bem para obter uma massa homogênea

• Despeje metade dessa mistura numa forma untada com manteiga e farinha e leve ao congelador por três minutos

• Coloque o tablete de frutas vermelhas congelado em cima. Complete a forma com o restante da massa

• Leve ao forno preaquecido a 200°C entre 10 e 15 minutos (ou até formar uma crosta por cima da massa)