O peru é uma das principais estrelas da ceia natalina -

O peru é uma das principais estrelas da ceia natalina

10 passos para fazer o peru perfeito de Natal

Dicas para assar a ave molhada por dentro e crocante por fora

Da redação - Publicado em 18/12/2019, às 09h00

1 Compre – É fundamental ter uma ave de qualidade. E não esqueça de adequá-la ao tamanho do seu forno. Um peru de 5 quilos serve de 10 a 15 pessoas.

2 Lave – Coloque a ave em água corrente e lave bem, seja no exterior, seja no interior – entre a pele e a carne. Há quem use sabão de coco para fazer isso. Ao utilizá-lo, atenção para o enxague. Não pode sobrar nada.

Leia mais:

Como é o Natal ao redor do mundo?

Panetone: a história do clássico do Natal

Dicas de harmonização com peru de Natal

 

3 Marine – Há inúmeras receitas para marinar. A mais tradicional é feita assim: mistures 1 xícara de suco de laranja, 2 xícaras de vinho branco seco, 4 dentes de alho cortados em lâminas, 5 folhas de louro, 1 colher de sopa de sal e ½ colher de sopa de pimenta-do-reino em grãos. Coloque o peru numa assadeira, cubra com o caldo e deixe na geladeira (coberto) por uma noite.

4 Recheie – Seja qual for o recheio, ele não pode ser feito de véspera e deve ser colocado momentos antes de o peru ir para o forno. Importante: o recheio altera o tempo de cozimento. A carne recheada demora mais para assar.

5 Aromatize – Uma dica é fechar a cavidade do peru com uma cebola espetada com ervas como sálvia, tomilho e louro (só uma folhinha) e ainda especiarias como pimenta em grãos e cravo (pouco!).

6 Amarre – Com um barbante, amarre as pernas do peru, não só para fechar a cavidade recheada, mas também para que ela doures de maneira uniforme. Mais uma dica, torça as asas para debaixo das coxas.

7 Antes de ir para o forno – Duas dicas para umedecer a carne: misture a manteiga em ponto de pomada com ervas (sálvia, alecrim e tomilho picados) e coloque entre a pele e a carne da ave, espalhando bem. Não é difícil descolar uma parte da outra, mas faça com delicadeza.

8 Asse – Com o forno pré-aquecido (entre 140ºC e 160ºC) e o peru em temperatura ambiente, a ave deve assar lentamente entre duas e três horas. Molhe com o próprio caldo ou com o da marinada regularmente. Para avaliar se está pronto, basta espetar o peito do peru com uma faca bem fina. Se sair um líquido rosado e a carne estiver mole, não está pronto. O ponto ideal é quando o líquido sai claro e a carne está firme e branquinha. Importante: você pode cobrir o peru com papel alumínio, para que eles asse sem torrar a casquinha.

9 Para mais crocância – Se usar o papel alumínio, retire-o do peru e aumente a temperatura do forno para 200ºC, nos últimos 10, 15 minutos do preparo. Fique de olho para determinar o tom da pele que você quer. Se o seu forno tem salamandra superior, use-a.

10 Descanse – Ao tirar o peru do forno, ele deve descansar por, no mínimo, 15 minutos antes de ser cortado. A regra que recupera os sucos “perdidos” e deixa a carne molhadinha, vale para todo tipo de assado. O tempo de descanso é que vai variar de um para o outro.

Veja também:

Os melhores vinhos de 2019

Livros de cozinha para presentear no Natal

+ Como preparar um Pain perdu com frutas para o Natal

 

Este texto foi publicado originalmente na revista Sabor.club #23 que está na melhores bancas por todo Brasil. E também na banca digital www.zinio.com. 

ASSINE JÁ A REVISTA SABOR.CLUB. DESCONTOS DE ATÉ 76%

Leia também