Existe sal certo para acentuar o gosto da comida? - Foto: PxHere

Existe sal certo para acentuar o gosto da comida? - Foto: PxHere

Os diferentes tipos de sal

Sal grosso, sal rosa, sal negro... Saiba qual o melhor para usar na sua receita

Da redação - Publicado em 28/11/2018, às 18h00 - Atualizado às 20h00

Sal marinho

[Colocar Alt]

Não refinado, preserva a maior parte dos seus minerais. É mais natural, muito usado por vários chefs.

Sal negro

[Colocar Alt]

Vem de reservas naturais, com origem vulcânica, na Índia. Tem enxofre na sua composição e um sabor mais acentuado, meio sulfuroso. Melhor para fi nalizar pratos.

Sal defumado

[Colocar Alt]

É defumado com a fumaça da queima de barris de carvalho, usados no envelhecimento de vinhos. Especialmente bom para dar um gostinho amais em legumes assados.

Sal rosa

[Colocar Alt]

Tem um teor menor de sódio e é ideal para temperar peixes crus, frutos do mar e aves.

Sal azul

[Colocar Alt]

Extraído das minas ao norte da província de Semman, Irã. Tem essa cor por causa do alto teor de potássio. É um dos mais raros e caros do mundo. Tem sabor forte e levemente picante. É usado no foie gras e com frutos do mar.

Sal rosa do Himalaia

[Colocar Alt]

É encontrado nos pés da montanha do Himalaia, uma região que já foi banhada pelo mar. O tom rosado se deve aos minerais presentes em sua composição, como o ferro e o manganês. Bom para finalizar carnes grelhadas sem sal.

Sal de Guérande

[Colocar Alt]

É o mais puro do mundo, coletado na camada superior das salinas, antes que se depositem no fundo e formem o sal marinho. É extraído artesanalmente na cidade homônima, na Bretanha, França. Realça o sabor dos alimentos, sem interferir no gosto original. Muito usado para finalização de pratos.

Sal Maldon

[Colocar Alt]

Fala-se “máldon” e é o preferido dos cozinheiros porque a sua textura dá a sensação de explosão na boca. Isso acontece devido ao formato de pirâmide dos seus cristais. É extraído de poças de água marinha, em Essex, na Inglaterra.

Sal negro do Havaí

[Colocar Alt]

A característica vulcânica é facilmente percebida na boca. Ótimo para “pintar” pratos de coloração suave.

 

 

Este texto foi publicado originalmente na revista Sabor.club #21 que está na melhores bancas por todo Brasil. E também na banca digital www.zinio.com. Ou assine clicando aqui sabor.club/assine