-

A decolagem da Manteiga Aviação traz história de sucesso na culinária nacional

10 fatos sobre a trajetória da latinha com o avião ilustrado que nasceu em São Paulo por mãos mineiras

Da redação - Publicado em 15/01/2021, às 15h30

 1 - Considerada um patrimônio de Minas Gerais, a manteiga Aviação, na verdade, nasceu em São Paulo – pelas mãos de mineiros, verdade seja dita.

2 - Em 1920, Antônio Gonçalves e o cunhado Oscar Salles abriram um empresa de venda de produtos secos e molhados. Entre eles, havia uma manteiga boa, bem amarela e pastosa, já comercializada numa latinha, produzida na cidade de Passos, em Minas Gerais.

3 - Com o sucesso do produto, os empresários largaram tudo e compraram a pequena fábrica de laticínios.2 - Em 1920, Antônio Gonçalves e o cunhado Oscar Salles abriram um empresa de venda de produtos secos e molhados. Entre eles, havia uma manteiga boa, bem amarela e pastosa, já comercializada numa latinha, produzida na cidade de Passos, em Minas Gerais.

 

LEIA MAIS

» Você conhece a verdadeira história da Coca-Cola?

» Almanaque: Os segredos da Urquell e a criação da Pilsen, cerveja mais bebida do mundo

 

[Colocar Alt]

 

4 - O nome Aviação foi escolhido porque o transporte aéreo era a grande novidade da época e conferia um tom progressista para o negócio.

5 - De fato, não demorou para a latinha alaranjada, inicialmente com um biplano estampado na tampa, decolasse. O voo de cruzeiro da companhia, no entanto, veio no fim da década de 1930, quando o trimotor alemão Junkers Ju 52 passou a ilustrar a marca da empresa.

 

[Colocar Alt]

 

6 - Esse avião é uma lenda dos ares, adotado como o principal modelo da Lufthansa, por exemplo, usado largamente em rotas como BerlimLondres e BerlimRoma.

8 - A essa altura, a manteiga já circulava pelo Brasil inteiro. E a latinha ajudava muito nisso, uma vez que é uma embalagem robusta, com alta capacidade de conservação. Até 1950, a geladeira era artigo raro no país.7 - No Brasil, é o responsável por inaugurar a famosa ponte-aérea Rio-São Paulo, em 1936, em um voo operado pela Vasp, que durava 100 minutos de uma cidade até a outra.

 

[Colocar Alt]

 

9 - Diz o fabricante que a receita original é a mesma, desde sempre. Uma das poucas mudanças adotadas no produto foi o material da lata, que passou a ser forjada em alumínio e não enferruja mais.

10 -  A abertura ficou mais simples também. A lata ganhou o formato mais largo e mais achatado, com o mesmo volume de manteiga. A embalagem, hoje, virou item de colecionador. Adorada especialmente pelos apaixonados por decoração vintage.

 

Mamilos?

Novo formato do envase da manteiga incomoda muita gente

 

[Colocar Alt]

 

A fábrica Aviação diz que deu um salto de produção e qualidade, quando modernizou seu maquinário, em 1995. É agora, porém, que a manteiga envasada no formato de mamilos, dentro da lata, tem causado estranhamento e aflição em muitos consumidores. Um comentário positivo na internet, por exemplo, causou o maior rebuliço e o autor do post não só retirou a opinião, como se desculpou por ter tocado no assunto...

 

» Receba as notícias da SABOR.CLUB diretamente no Telegram clicando aqui  
 

» Você já conhece o Clube Sabor? É o 1º clube de descobertas gastronômicas do Brasil. Entre para ter acesso a um mundo de sabores, e ler a edição do mês da revista Sabor.Club

 

Leia também