Anthony Bourdain: chef, escritor e apresentador de televisão norte-americano -

Anthony Bourdain: chef, escritor e apresentador de televisão norte-americano

Minha amizade com Anthony Bourdain

Em depoimento marcante, Rosa Moraes conta sobre sua relação fraterna com Tony

Rosa Moraes - Publicado em 01/12/2018, às 15h00

O UNIVERSO DA GASTRONOMIA COSTUMA TER UMA ATMOSFERA peculiar. Por trás de todo o encanto de uma comida bem preparada, regada de aromas e sabores inesquecíveis para deixar de joelhos até o mais cético dos mortais, ainda existe um ambiente marcado por incertezas e disputas. No entanto, mesmo nesse espaço tantas vezes árido, também florescem grandes amizades.

Em algumas circunstâncias me questionei sobre o tempo necessário para construir uma aproximação genuína no meio culinário. Hoje tenho plena convicção de que basta apenas um instante para abraçar qualquer oportunidade de conexão. Convivendo com um saudoso amigo, aprendi a lição de aproveitar cada momento para estabelecer vínculos reais, principalmente ao compartilhar cada refeição.

Ao longo de um intervalo de 17 anos, desde uma certa noite de autógrafos em que conheci Anthony Bourdain, na Big Apple, até o fatídico episódio do dia 8 de junho de 2018, foram precisos somente quatro encontros presenciais para criarmos uma relação fraterna. A quantidade de ocasiões que nos vimos não superou o volume de e-mails ou de ligações, mas foi suficiente para cativar um novo amigo.

[Colocar Alt]

Foto: Arquivo Pessoal

Naquela época, eu não imaginava que a frase “see you at the beach”, junto com seu autógrafo na primeira página de sua obra Em Busca do Prato Perfeito, um dia seria concretizada da melhor forma possível: sendo convidada para participar de todos os programas gravados por ele em São Paulo. Como anfitriã nas visitas e, paralelamente, aproveitando a sua companhia fora das câmeras, os laços estavam fortalecidos.

Por conta dessas interações, muita gente fica curiosa em saber mais detalhes sobre as viagens dele ao Brasil e ainda me procura para descobrir algum bastidor que tenha ficado esquecido no passado, na esperança de manter viva a lembrança de um ser humano querido, de espírito livre, mente inquieta e coração grande. No final, as pessoas valorizam uma boa história e querem conhecer um pouco mais.

Tony adorava comer descalço. Ele acreditava seriamente que os melhores restaurantes eram aqueles que podíamos entrar sem sapatos. E assim o fez, toda vez que teve chance, inclusive aqui no litoral norte paulista, quando fomos ao Manacá. Superstição, fé ou mania, ninguém entendia o motivo dessa atitude. Provavelmente uma dose de cada, misturada com a vontade inconsciente de, mesmo após o estrelato, manter os pés no chão, em terra firme.

“Tony adorava comer descalço. Ele acreditava seriamente que os melhores restaurantes eram aqueles
que podíamos
entrar sem sapatos. E assim o fez, toda vez que teve chance”

Aliás, esse gesto caracterizava a forma como ele lidava com a própria rotina: de maneira simples e descontraída, sem rodeios ou roteiros, assim como os programas que imprimiam a sua personalidade por conta da liberdade autoral e da alma no diálogo. Igual uma vez, em uma de suas passagens pelo país, quando, espontaneamente, ele saltou de uma ponte e rolou na areia da Barra do Sahy. Naquela data foram quase 15 caipirinhas. Já numa outra noite de calor, quando organizamos um jantar na casa da minha sobrinha, em São Paulo, a irreverência da ocasião levou os convidados à piscina, de roupa e tudo mais.

Em um mundo deveras efêmero, espero que possamos celebrar sempre essas ligações, internas com as nossas crenças, ou externas com as pessoas ao nosso redor. Precisamos estar abertos para entender a essência e permitir que o outro chegue até nós. E se a dúvida novamente surgir a respeito de quando devemos considerar alguém realmente amigo, não hesitarei em dizer: imediatamente.

*Rosa Moraes é diretora de Gastronomia da Laureate Brasil, implantou o primeiro curso superior da área no país, pela Universidade Anhembi Morumbi, e amiga de Tony Bourdain.

Este texto foi publicado originalmente na revista Sabor.club #20 que está na melhores bancas por todo Brasil. E também na banca digital www.zinio.com. Ou assine clicando aqui sabor.club/assine

Leia também