No bar mexicano Lupe, em São Paulo, o Paloma usa refrigerante de grapefruit feito na casa -

No bar mexicano Lupe, em São Paulo, o Paloma usa refrigerante de grapefruit feito na casa

Leopoldo Almeida inventa máquina que gaseifica bebidas

O carioca desafia: refrigerante, sim, pode ser saudável

Da redação - Publicado em 23/11/2019, às 10h00 - Atualizado às 10h10

Parece mágica: a gente coloca o líquido numa garrafa que parece um desses squeezes usados em academia, pluga o gargalo numa base, aperte e shazan: temos bebida gaseificada em segundos! Sim, segundos.

Leia mais:

Gim tônica de iogurte com limão siciliano

Drinque de ervilha: ideia criativa do Piselli

Como a Coca-Cola se transformou no refrigerante mais tomado do mundo

O nome da maquininha maravilha é Preshh, desenvolvida, a princípio, para o mercado de bares e restaurantes. E que, rapidamente, começa a sinalizar uma tendência no mercado e, claro, na vida da gente: a dos refrigerantes naturais, sem sódio, sem conservantes, sem nada senão fruta, água ou xaropes (naturais!) variados.

O manifesto da marca aborda esse conceito: a nossa missão é mudar a forma como as pessoas consomem bebidas gaseificadas – no mundo todo.

[Colocar Alt]

Ambicioso? Não para o carioca Leopoldo Almeida, o inventor da Preshh. Desde criança ele vem criando engenhocas com o avô, até que virou um profissional do ofício. Das cabeça dele saiu a melhor invenção das Américas, em 2010. É fato que há métodos de gaseificar e também de fazer refrigerantes naturais, a partir de fermentação, desde o século 18. A novidade da máquina do Leopoldo é fazer o processo de forma rápida e muito eficiente – o que dá uma versatilidade sem fim para ele. Hoje, afinal, os mixologistas brasileiros já falam em drinques e coquetéis batidos, mexido, montados e... pressurizados!

Como tantos brasileiros que mudaram comportamentos mundiais (veja quadro) a partir das suas invenções, é hora de Leopoldo pegar um avião do colega Santos Dumont e lavar a maquininha de gaseificar mundo afora.

“A motivação de estar neste projeto pelos próximos 20 anos de vida está na possibilidade da população mundial ter acesso a uma bebida mais saudável e saborosa sem abrir mão das bolhas que trazem a refrescância”, diz.

Como funciona o Preshh

[Colocar Alt]

1 - Coloque ingredientes na garrafa Preshh. Ela comporta 800 ml, mas a sugestão de utilização são até 600 ml. É preciso espaço para que o Co2 trabalhe junto com a bebida incorporando-se no líquido. Quanto maior o head space (espaço com gás entre o líquido e a tampa), melhor é o resultado final.

2 - Posicione a garrafa na máquina e pressione por alguns segundo

3 - Retire da máquina, abra e sirva!

Coisa nossa

Inventores brasileiros e suas criações maravilhosas

Avião - Santos Dumont, 1906 (por favor, não venha com historinha de irmãos Wright!)

Radiografia - Manuel de Abreu, 1936 (durante anos o processo de fotografar o interior do corpo humano foi chamado de Abreugrafia)

Walkman - Andreas Pavel, 1972 (o aparelho chamava-se Stereobelt e a Sony, anos mais tarde, reconheceu que havia seguido o projeto para lançar o grande hit dos anos 1980)

Cinema 3D - Sebastião Comparato, 1934 (aparelho com jogo de espelhos podia se acoplado a projetores)

Câmbio automático - José Braz Araripe, 1932 (ele criou o protótipo e vendeu para General Motors, que lançou seis anos depois)

 

Este texto foi publicado originalmente na revista Sabor.club #33 que está na melhores bancas por todo Brasil. E também na banca digital www.zinio.com. 

ASSINE JÁ A REVISTA SABOR.CLUB. DESCONTOS DE ATÉ 76%

Leia também