-

Elvis e o dry aged

Diz o ditado que a fruta cai ao lado pé. Não à toa, filho de açougueiro larga o mercado financeiro para maturar carne como nunca se viu

Larissa Januário - Publicado em 10/04/2018, às 13h03

“Cheguei no homestay, no Canadá, e dei de cara com uma geladeira cheia de carne com aspecto duvidoso no meio da sala, entre os sofás e a TV”, lembra Elvis Santana, proprietário da A La Carne, sobre o seu primeiro contato com as carnes Dry Aged em idos de 2010. Ele, que trabalhava há anos no mercado financeiro, tinha seguido para a América do Norte afim de apurar seu inglês num intercâmbio cultural. Mal poderia imaginar na ocasião que aquele contatomudaria a sua vida para sempre.*

* Leia a reportagem completa na edição #16 da Revista Sabor.club: já nas bancas ou se preferir, assine em http://sabor.club/assine/