-

Dá fome só de ver: parmegiana à lenha com queijo cremoso

A receita robusta, para entrega na sua casa, é um dos carros-chefes do Fellipe Zanuto, do italiano da zona mais italiana de São Paulo

Da redação - Publicado em 25/03/2020, às 11h54

Faz quatro anos que o Fellipe Zanuto, famoso para sua Pizzaria da Mooca, abriu o restaurante para homenagear os imigrantes italianos que chegaram ao bairro – e, claro, a comida que eles faziam.

Houve muita pesquisa para chegar ao cardápio e ao preparo do pratos, mas o chef mooquense contou também com o lado afetivo, uma vez que é filho dos oriundi e passou a infância comendo pratos como arroz de forno, a torta de frango, o pappardele a bolonhesa.

O filé à parmegiana, diga-se, não foi criado na Bota, mas no Brasil, diz a história, no Bar do Alemão, em Itu, interior de São Paulo. Ainda assim, não deixa de ter aquele sotaque italiano, que o Fellipe conhece tão bem. E aproveitou para incrementar o prato, trocando a muçarela por queijo cremoso e a batata frita do acompanhamento, por macarrão parasafuso.

Enfim, finaliza o prato no forno a lenha, o que confere a ele um gostinho defumado matador.

O Parmeggiana Hospeda (assim mesmo com dois “g”, R$ 124) é enorme. Dá fácil para dois comensais, feito com coxão mole empanado e molho de tomate da casa. É incomparável.

E como não dá para fazer em casa mesmo, a saída para degustar o prato é pedindo para entregar em casa, via iFood. Vale dizer, todos os itens do menu do restaurante estão disponíveis por lá.

E para beber, não vai nada?

  • San Telmo Cabernet Sauvignon 2018 - (AD: 88 pts)

Tinto elaborado exclusivamente a partir de Cabernet Sauvignon, sem passagem por madeira. Descompromissado, direto e fácil de agradar e de entender, mostra aromas de ameixas e de amoras acompanhados de notas florais, herbáceas e de especiarias, que se confirmam no palato. Redondo e de corpo médio, tem acidez na medida, taninos macios e final também médio, pedindo um segundo gole. Para o aperitivo ou carnes vermelhas mais magras. Álcool 13%. Compre aqui.

  • Talud Cabernet Sauvignon 2015 - (DES: 94 pts)

Tinto elaborado exclusivamente a partir de uvas Cabernet Sauvignon plantadas em Maipo Costa, com estágio de 18 meses em barricas de carvalho francês. Mostra deliciosas frutas negras e azuis frescas acompanhadas de notas florais e minerais, que se confirmam na boca. Impressiona pelo estilo refinado, fluído, de acidez vibrante e taninos de excelente textura. Tem final longo e carnudo, com toques de grafite e de violetas. Álcool 14%. Compre aqui.

 

  • Terredellatosa Gutturnio 2015 - (AD: 92 pts)

Tinto composto de 65% Barbera e 35% Bonarda, fermentado com leveduras, sem passagem por madeira e sem adição de sulfitos tanto durante o processo de vinificação, quanto no engarrafamento. Impressiona pela pureza e pela qualidade da fruta, tudo sustentado por refrescante acidez, taninos de ótima textura e final persistente, com toques minerais. Precisa de tempo na taça para se mostrar, seguramente a passagem por decanter para aerá-lo trará benefícios. Álcool 14%. Compre aqui.

 

LEIA MAIS:

» Para nutrir a alma: a premiada chef Vivi Gonçalves vai sozinha para cozinha fazer comida sob encomenda

» Assados na sua casa com algo a mais na harmonização

 

Na mesma onda...

 

São Paulo

> Milanesa com risoto de limão siciliano + spaghettini com camarões + bolinho de arroz (R$ 135), do Nou.Via iFood ou WhatsApp (11/3812-1848)

 

Milanesa grelhada com  purê de batata ou arroz moquém (R$ 75), do Boto. Só para jantar, nos dias de semana. E para o almoço também aos sábados e domingos. Pedidos pelo telefone, tel.: (11) 3031-0680

 

 

Rio de Janeiro

> Filé mignon à parmegiana com purê de batatas (R$ 55). É simples, mas muito bem feito, no Farinha Pura. Pedidos pelo Rappi ou pelos tel.: (21) 3239-8000

>> Você sabia que a revista Sabor.club tem também o Clube Sabor.club? Ele é o 1º clube de descobertas gastronômicas do Brasil. Para conhecer, clique aqui.