O peru é a estrela de ceias em diversos países. Nos Estados Unidos ele é servido com molho de cranberry -

O peru é a estrela de ceias em diversos países. Nos Estados Unidos ele é servido com molho de cranberry

Como é o Natal ao redor do mundo?

Ganso, frutos do mar e até frango frito: saiba o que outros países levam à mesa para a ceia

Da redação - Publicado em 20/12/2018, às 17h00

Não importa o país, se há celebração do Natal, há ceia. A origem desse costume não é certa, mas há indícios de que começou na Europa o hábito de montar mesas fartas e deixar as portas das casas abertas para receber viajantes e peregrinos para celebrarem o Natal.

Com o tempo a tradição se espalhou pelo mundo onde o cristianismo é forte e as famílias perpetuaram a ideia de que não há Natal sem uma bela ceia. Desde a descoberta das Américas, o Peru é a ave que reina absoluta em diversos países, inclusive da Europa, mas há também ganso, porco, bacalhau e até goiá gras. Para adocicar, bolos de frutas e rabanadas e para dar sorte, grãos, nozes e castanhas aparecem na composição.

Mas nem toda nação come do mesmo jeito na data. Confira a seguir algumas das peculiaridades de cada país na mesa de Natal.

FRANÇA

Frutos do mar como lagosta e ostras fazem parte do menu ao lado de salmão defumado e foie gras servido com geleia de cebolas ou figo. Para sobremesa, Bûche Nöel, um rocambole recheado com creme de castanhas e coberto de marzipan.

PORTUGAL

Além do bacalhau, come-se carne de porco e arroz de polvo. Para adoçar, filhóses, os bolinhos natalinos feitos com abóbora e fritos.

ESTADOS UNIDOS

O peru é sempre acompanhando de molho de cranberry, purê de batata, molho (gravy) e vagens. Para beber há o eggonog, um drinque feito com ovos, açúcar, leite e rum.

MÉXICO

Como herança dos colonizadores espanhóis, os mexicanos preparam o Bacalao a la Vizcaína (bacalhau biscainho), além de tamales (uma espécie de pamonha de milho) e moles (molhos encorpados com chocolate). Para beber, ponches.

ITÁLIA

O banquete inclui pelo menos sete pratos. Há massa, peixe, duas saladas, dois pudins, além de um prato de entrada, queijos, frutas, chocolate e claro, o panetone. Há variações de acordo com as regiões do país. Rm Roma, come-se o Capitone, uma enguia assada ou frita.

ALEMANHA

Os alemães costumam servir um ganso assado acompanhado de batata, repolho, cenoura e picles. Para sobremesa, a tradição manda servir o Stollen, um pão doce com frutas secas que lembra o panetone.

INGLATERRA

O Christmas pudding (pudim de Natal) é a receita mais tradicional. Feito à base de chocolate, amêndoas, gengibre, raspas de laranja e uvaspassas, ele é regado com uísque e flambado. Também é tradição colocar uma moeda de chocolate em uma parte do bolo e quem tiver a sorte de encontrar em seu pedaço, tem direito a um pedido.

JAPÃO

O Natal não é uma festa religiosa comum no Japão. Quem a adota, come frango frito e um bolo de Natal que combina massa de pão-de-ló e cobertura de chantilly com morango.

AUSTRÁLIA

Os australianos são menos formais na celebração natalina. Lá é costume preparar um bom churrasco ao ar livre na data. Muitas vezes, a ceia acontece em praças e praias, como um belo piquenique. Na grelha, colocam frutos do mar, carne e frango. Para sobremesa é tradição preparar um pudim de ameixa flambada.

ÁFRICA DO SUL

Os sul-africanos também comemoram o Natal no verão, por isso costuma montar a ceia no lado de fora das casas. À mesa, fica clara a influência da colonização europeia em pratos como torta de carne moída, arroz com passas, legumes e o pudim inspirado na receita britânica.

 

Este texto foi publicado originalmente na revista Sabor.club #11 que está na melhores bancas por todo Brasil. E também na banca digital www.zinio.com. Ou assine clicando aqui sabor.club/assine

Leia também