-

Café mais do que especial

Barista e garimpeiro de grãos, Leonardo Gonçalves descobre joia rara numa conversa de balcão, no interior da Bahia

Robert Haulfon - Publicado em 08/09/2021, às 19h00

Desde que deixou a dança de salão, formouse em nutrição e virou especialista em cafés,
Leonardo Gonçalves, o Leo do pequeno, charmoso e qualificado Café au Leu, no Rio, vive uma rotina das mais interessantes: percorre o Brasil todo em busca de grãos especiais que ele mesmo torra e dá origem a lotes especiais – muitos exclusivos da loja dele.

Foi numa dessas viagens que ele encostou no balcão do bar do Seu Salvador Souza, em Piatã,
interior da Bahia. Ele estava na companhia de um produtor de café da região e o dono do boteco não teve como deixar de ouvir a conversa.

 

LEIA MAIS

Que tal hospedar-se na casa de campo do chef José Hugo Celidônio? 

As mais charmosas casas de vinho de Paris

 

Então interferiu revelando que também tinha uns pezinhos da fruta e que produzia os seus grãos. Diante do interesse da audiência, mandou bala na prosa. Encantado com a descrição, Leo negociou um lote, sem provar. E, para a sua surpresa, descobriu uma joia, depois de torrar na sua cafeteria, em Copacabana.

O café do Salvador Souza tem doçura alta, corpo médio sedoso, acidez baixa, licoroso e bem
equilibrado na boca. O retrogosto é superagradável e fica na boca por um bom tempo. Uma coisa linda para quem admira cafés especiais. Neste caso, ainda mais especial.

 

» Receba as notícias da SABOR.CLUB diretamente no Telegram clicando aqui  

 

» Você já conhece o Sabor Clube? É o 1º clube de descobertas gastronômicas do Brasil. Entre para ter acesso a um mundo de sabores, e ler a edição do mês da revista Sabor.Club