-

Aperol tem gosto de verão! Você conhece a fórmula secreta da bebida?

Aperitivo criado por irmãos italianos inspira o drinque Spritz e vira revista em quadrinhos

Da redação - Publicado em 23/10/2020, às 16h00

1 - Sete anos de pesquisas e testes: foi esse o tempo dedicado pelos irmãos italianos Luigi e Silvio Barbieri, donos de uma destilaria em Pádua, na região do Vêneto, para chegar na fórmula do Aperol.

 

2 - O aperitivo, com sua inconfundível cor laranja e sabor que mistura doçura, amargor e toques herbais, foi lançado numa feira internacional realizada na cidade, em 1919.

 

 

3 - O mix de ervas e raízes, e outros ingredientes que compõem a bebida é segredo de Estado. Mas alguns são conhecidos, entre eles, laranja amarga, ruibarbo, genciana e quina. A fórmula usada hoje é a mesma criada pelos Barbieri há um século.

 

LEIA MAIS

» Almanaque: Os segredos da Urquell e a criação da Pilsen, cerveja mais bebida do mundo

» Champagne Krug ganha trilha sonora de Bossa Nova para a degustação 

 

4 - Nome de remédio? Que nada! Aperol é uma referência às palavras francesas apéritif e apéro. Ou seja, ele já chegou com a intenção de ser aquele alegria no fim de tarde.

 

5 - Por ter um teor alcoólico relativamente baixo (11%), o Aperol era apresentado como uma bebida para quem se preocupava com a boa forma. Mulheres também eram o público alvo: “Aperol mantém a linha”, dizia um anúncio dos anos 30.

 

 

6 - Na década de 50, a bebida dos irmãos Barbieri encontrou sua combinação perfeita: Aperol, prosecco, água com gás, gelo e uma rodela de laranja. Surgia o Aperol Spritz!

 

7 - A popularidade do aperitivo na Itália deslanchou de vez depois que ele virou estrela de comercial na TV, nos anos 60. A frase do ator Tino Buazzelli, que batia na testa e dizia “ah, Aperol!” virou bordão nos bares do país.

 

 

8 - Mas o grande salto ainda estava por vir: em 2003, a marca foi comprada pelo Grupo Campari. Era a hora de o Aperol ganhar o mundo!

 

9 - A multinacional de bebidas começou uma série de ações para divulgar a bebida italiana, entre elas, apresentar o Aperol Spritz aos bartenders de vários países. No Brasil, a marca foi
lançada em 2006.

 

 

10 - O sucesso do Aperol Spritz foi tão grande que, em 2011, a Campari lançou uma versão do drinque pronta para beber. A versão em garrafinhas, disponível em países como Áustria,
Holanda e Itália, só pede gelo e uma rodela de laranja.

 

11 - O maior brinde com Aperol Spritz foi realizado em 2012, em Veneza. Cerca de 2.600 pessoas se reuniram na Piazza San Marco e ergueram suas taças com o coquetel laranja. Juízes do Guinness Book estiveram lá para registrar o recorde mundial.

 

 

A polêmica: ordinário ou divertido?

Recentemente, a editoria de gastronomia do jornal The New York Times fez uma longa reportagem alegando que o Aperol Spritz não passa de um drinque ordinário que virou fenômeno no Instagram.

A The New York Times Magazine, a revista do mesmo veículo, retrucou logo depois, em outra reportagem, pedindo desculpas ao preciosismo dos editores de comida, e colocando o drinque como um dos mais divertidos e gostosos de todos os tempos.

 

 

Livro ilustrado

Várias ações celebraram os 100 anos do Aperol. Garrafas tiveram ilustrações criadas pelo artista italiano Lorenzo Mattotti para a marca.

 

 

Na praça central de Pádua, cidade natal da bebida, foram instalados sofás customizados por artistas com temas que remetem ao Aperol.

E até HQ a bebida ganhou: os quadrinistas Tito Faraci e Sergio Gerasi contaram a história do drinque que conquistou o mundo num livro ilustrado.

 

» Receba as notícias da SABOR.CLUB diretamente no Telegram clicando aqui  
 

» Você já conhece o Clube Sabor? É o 1º clube de descobertas gastronômicas do Brasil. Entre para ter acesso a um mundo de sabores, e ler a edição do mês da revista Sabor.Club