-

Oito cervejas frutadas e instigantes do estilo que nasceu nas fazendas

As Saisons vieram da Bélgica para fazer sucesso nos verões escaldantes dos trópicos

Pedro Landim - Publicado em 02/10/2020, às 15h00

Naturalmente rústicas e associadas à produção no ambiente rural, as Saisons fazem parte da paleta variada e sedutora da escola cervejeira belga, onde temperos distintos podem entrar nas receitas que têm como estrelas as cepas locais de levedura, e seu notável trabalho no desenvolvimento de aromas de frutas e especiarias. 

São cervejas que conseguem unir complexidade e 'drinkability', frutadas e secas, com ponta de acidez, alta carbonatação e destacado aromas de especiarias como as pimentas em grãos. Quando se fala em harmonização, são quase imbatíveis.   

 

Brewers Cut 2018 

Dádiva, SP (6,7% ABV) 

Complexidade sensorial, acidez, frutas amarelas e as notas 'animalescas' da levedura Brettanomyces é o que se pode esperar nesta ampola que remete às saisons anciãs, maturada por 10 meses em carvalho e com adição de pêssego. Fora da curva.  

Saison de Caju  

TupiniquimRS (6,8% ABV)  

Clássico nacional feito em colaboração com a americana Stillwater, traz a adição de caju e manga, com Brettanomyces na fermentação para um toque 'funky'. As frutas estão bem inseridas e presentes na boca, sem prevalecer no paladar intenso e condimentado. 

 

Saison à Trois 

2 CabeçasRJe Invicta, SP (5,8% ABV) 

Uma das melhores nacionais no estilo, leva malte de trigo e sementes de coentro, além de frutas como banana, abacaxi e laranja. Aroma marcado por especiarias. 


 

Metamorfose  

DogmaSP (6,1% ABV) 

Notas cítricas perfumam a cerveja com aromas de frutas tropicais que se repetem na boca, onde revela acidez interessante em conjunto condimentado e refrescante.  

 

Madame Tatá  

Sunset BrewSC (5% ABV) 

A cervejaria anuncia seu rótulo como 'Modern Saison' e utiliza o cereal triticale, híbrido de trigo e centeio, além de lúpulos americanos aromáticos. Notas cítricas, condimentadas e terrosas se destacam no aroma. 

 

3 Orelhas Farmhouse Ale 

3 OrelhasMG (6,6% ABV) 

A melhor harmonização para esta cerveja é a linda paisagem da área rural de Gonçalves, na Serra da Mantiqueira, onde está situado brewpub da marca. Com maltes de cevada e trigo, e lúpulos nobres europeus, traz notas terrosas e de especiarias, com citricidade destacada. 

 

Saison Apricot

Tonight BodebrownPR (7% ABV) 

A acidez perfumada do damasco combina bastante com as notas frutadas de fermentação das saisons. Lembra as caldas de pêssego e com presença condimentada que remete ao cravo. 

 

42

WälsMG (6,5% ABV) 

A receita soa exagerada na adição de sabores, contendo extratos de limão, abacaxi, café, amêndoas e coentro. O resultado é complexo e interessante, com boa acidez, muita fruta e toques vegetais. 


 

» Receba as notícias da SABOR.CLUB diretamente no Telegram clicando aqui  
 

» Você já conhece o Clube Sabor? É o 1º clube de descobertas gastronômicas do Brasil. Entre para ter acesso a um mundo de sabores, e ler a edição do mês da revista Sabor.Club