A abóbora foi o primeiro legume domesticado nos Estados Unidos. Ganhou tanto prestígio que foi para no barril junto com a cerveja -

A abóbora foi o primeiro legume domesticado nos Estados Unidos. Ganhou tanto prestígio que foi para no barril junto com a cerveja

6 cervejas de abóbora para beber no dia das bruxas

Famosa no Halloween ianque, a pumpkin ale é ótima para dias de clima ameno

Da redação - Publicado em 30/10/2019, às 14h00

Diz a lenda que foi George Washington o primeiro a colocar abóbora na cerveja. É fato, porém, que ela foi o primeiro legume domesticado nos EUA. E que foi parar no barril, para adicionar o açúcar necessário, quando faltava malte. É por isso que o primeiro cervejeiro (ops, primeiro presidente) americano, colocou a abóbora nas receitas que desenvolvia. Muitos anos depois, um apaixonado pelo herói ianque seguiu a sua trilha e fez o mesmo. Ou quase. No lugar do legume in natura, colocou torta de abóbora na mistura e criou um novo estilo. Ele explodiu não faz muito tempo, quando a Brooklin Beer lançou uma pumpkin matadora. Normalmente, cheia de especiarias e com um mínimo toque adocicado, o estilo dá origem a um caldo denso, sem ser forte, ótimo para dias de temperaturas amenas.

Leia mais:

A cerveja de espumante

Magic Booze: a cerveja instantânea

Zucca: abóbora assada com mascarpone e amêndoas

Baum Hardt Bier Monster Mash

Abóbora, canela, noz moscada e cravo: tudo misturado para dar origem a uma cerveja muito equilibrada. Alta dinkability.

Bier Hoff Jerimoon Pumpkin IPA

É equilibrada com curiosas notas de lúpulo floral e um perfil maltado marcante. Ele é fruto do uso do malte de trigo com o de centeio caramelizado e cinco outras variedades. Sim, tem leve toque de abóbora. Que cerveja boa!

Loeb’ Bier Pumpkin Ale

Como as receitas mais interessantes da terra do Tio Sam, aqui a abóbora surge caramelizada e mistura com a combinação de um quarteto de maltes. A boca ainda revela especiarias como cravo, canela, gengibre e noz moscada.

Invicta Pump King

A boca revela caramelo, e especiarias (canela, coentro, noz moscada, cravo), com final que aquece. O retrogosto traz as notas de doce de abóbora.

Suricato No Creo em Brujas

A pimenta síria (do Reino, da Jamaica, canela, cravo e noz moscada) é o elemento que dá um toque muito especial para essa pumpkin com gosto de doce de avó. É deliciosa.

Ugly Duck Imperial Pumpkin Ale

É maturada em barrica por 3 meses e finalizada com brettanomyces, um tipo de lúpulo daqueles. Resultado: é intensa a beça, com notas claras de gengibre, canela e açúcar mascavo. Além da abóbora, claro.